terça-feira, 28 de setembro de 2010

Exame de Próstata de Cego


Lá chegando pergunta pro médico:
- Dr. este exame dói?
O médico responde:
- Só um pouquinho.
O cego pergunta:
- Dr. posso pedir uma coisa?
- Sim, responde o médico.
- Eu posso pegar no seu pênis enquanto o Sr. faz o exame?
O médico fica intrigado e pergunta:
- Mas porque você quer segurar o meu pênis?
O cego responde:
- É para ter certeza que o Sr. vai colocar o dedo.

A trilha sonora da minha vida!

It's My Life - Bon Jovi

This ain't a song for the broken-hearted
No silent prayer for faith-departed
I ain't gonna be just a face in the crowd
You're gonna hear my voice
When I shout it out loud
CHORUS:
It's my life
It's now or never
I ain't gonna live forever
I just want to live while I'm alive
(It's my life)
My heart is like an open highway
Like Frankie said
I did it my way
I just wanna live while I'm alive
It's my life
This is for the ones who stood their ground
For Tommy and Gina who never backed down
Tomorrow's getting hard make no mistake
Luck ain't even lucky
Got to make your owns breaks
Repeat - Chorus
Better stand tall when they're calling you out
Don't bend, don't break, baby, don't back down
Repeat - Chorus to fade

Tradução:

É a Minha Vida

Esta não é uma canção para um coração partido
Nenhuma oração muda a fé que ficou
Eu não vou ser só um rosto na multidão
Você vai ouvir a minha voz
Quando eu gritar isto bem alto
REFRÃO:
É a minha vida
É agora ou nunca
Eu não vou viver para sempre
Eu só quero viver enquanto eu estou vivo
(é a minha vida)
Meu coração é como uma rodovia aberta
Como Frankie disse
Eu fiz isto do meu jeito
Eu só quero viver enquanto eu estou vivo
É a minha vida
Isto é para aqueles que fizeram seu caminho
Para Tommy e Gina que nunca desistiram
Amanhã está ficando difícil não cometer nenhum erro
A sorte ainda não teve sorte
Faça suas próprias regras
Repete - Refrão
Melhor estar no alto quando eles gritarem com você
Não se curve, não quebre, baby, não caia
Repete - Refrão

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

1º EPISÓDIO 6ª TEMPORADA


BOM O QUE DIZER DESSA ESTRÉIA, COMO JA ERA DE SE ESPERAR, FOI PERFEITAMENTE UM SHOW DE EMOÇÃO E TENSÃO, COM A VOLTA SURPRIENDENTE DE SAM SALVANDO DEAN LOGO DE CARA, COM O BOBBY SABENDO QUE SAM ESTAVA VIVO POR UM ANO E NÃO REVELAR A DEAN, E VER COMO O RELACIONAMENTO DOS DOIS IRMÃOS JA DEMONSTRA UM ABALO EMOCIONAL MUITO GRANDE.
CONFESSO QUE SENTI MUITA FALTA DE LÁGRIMAS NO REENCONTRO DOS IRMÃOS, COMO NO INICIO DA 4ª TEMPORADA, QUANDO DEAN VOLTA DO INFERNO.
SENTI FALTA DO CASS. AQUELE ANJINHU QUE É UM ATALHO PARA A PERDIÇÃO, E CLARO, VER Q SAM TA DIRIGINDO UM CARRÃO ZERADO NO LUGAR DE UM CLÁSSICO É ESTRANHO, MAS O CARRO É PRETO... O QUE NOS CONFORTA UM POUCO PELO IMPALA RSRSRS
E PODEMOS VER O PORTA MALA DO IMPALA TAMBÉM NÃO TEM PREÇO, MAS O MAIS ESPERADO AGORA É VER, SAM E DEAN DENTRO DO IMPALA VIAJANDO PELO EUA COMO SEMPRE... MAS ACHO QUE ISSO POSSA DEMORAR UM POUCO
AGORA É ESPERAR PELOS EPISÓDIOS QUE VIRÃO...

The Boys Are Back

The big, big day! The Supernatural Day!


The more days supernaural and happy in my life! That will come soon 9:00 pm !
Season 6

Sim, mto tempo sem postar, eu sei.. Mas hj é um dia muito especial e eu não poderia deixar de postar isso. Pois bem, ao longo de um pouco mais de 1 mês, a CW vem anunciando a estréia da Season 6.
E para a alegria dos fã's, esse dia tão esperado chegou!Hoje, dia 24/Set. /2010 é o grande dia, onde Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Collins, Jim Beaver e grande elenco voltam para a sua 6ª temporada de Supernatural, pela Tv americana CW e Warner. Eu como uma simples mortal, acompanharei Online pela Warner.
Desejo a todos uma boa estréia.. E muita emoção.
As 21:00hs de hoje SUPERNATURAL SEASON 6




segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Giffs

6ª temporada - Jared Padalecki - Sam
Image and video hosting by TinyPic

5ªTemporada - Jensen Ackles - Dean

domingo, 19 de setembro de 2010

Alguem ja conhecia a mulher ALHO(?)

Esse é o tipo de coisa que eu não tolero, e me irrita profundamente

Eye Of The Tiger

Risin' up, back on the street
Did my time, took my chances
Went the distance, now I'm back on my feet
Just a man and his will to survive

So many times, it happens too fast
You change your passion for glory
Don't lose your grip on the dreams of the past
You must fight just to keep them alive

It's the eye of the tiger, it's the thrill of the fight
Risin' up to the challenge of our rival
And the last known survivor stalks his prey in the night
And he's watchin' us all in the eye of the tiger

Face to face, out in the heat
Hangin' tough, stayin' hungry
They stack the odds 'til we take to the street
For we kill with the skill to survive

It's the eye of the tiger, it's the thrill of the fight
Risin' up to the challenge of our rival
And the last known survivor stalks his prey in the night
And he's watchin' us all in the eye of the tiger

Risin' up, straight to the top
Have the guts, got the glory
Went the distance, now I'm not gonna stop
Just a man and his will to survive

It's the eye of the tiger, it's the thrill of the fight
Risin' up to the challenge of our rival
And the last known survivor stalks his prey in the night
And he's watchin' us all in the eye of the tiger

(4x)
The eye of the tiger

O Olhar Do Tigre

Crescendo, lá nas ruas
Marquei meu tempo, aproveitei as minhas chances
Viajei para a distância, e estou de volta com meus pés
apenas um homem com seu desejo de sobreviver

Tantas vezes, acontece tão rápido
Você troca sua paixão por glória
Não perca o foco nos sonhos do passado
Você deve lutar para mantê-los vivos

Isso é o olhar do tigre, é a emoção de lutar
Se erguendo ao desafio do rival
E o último sobrevivente persegue sua presa à noite
E nos observa a todos do olho do tigre

Cara a cara, aqui no calor
Se aguentando, sempre faminto
Eles colocam os obstáculos até que cheguemos às ruas
Porquê nós matamos com a habilidade pra sobreviver

Isso é o olhar do tigre, é a emoção de lutar
Se erguendo ao desafio do rival
E o último sobrevivente persegue sua presa à noite
E nos observa a todos do olho do tigre

Erguendo-se, direto ao topo
Teve coragem, conquistou sua glória
Viajei para a distância e agora não vou parar
Só um homem e seu desejo de viver

Isso é o olhar do tigre, é a emoção de lutar
Se erguendo ao desafio do rival
E o último sobrevivente persegue sua presa à noite
E nos observa a todos do olho do tigre

O olhar do tigre
O olhar do tigre

sábado, 18 de setembro de 2010

A moda de agir como um retardado


Isso se tornou muito comum de um tempo pra cá, mais especificamente quando começaram a surgir as bandinhas coloridas afeminadas.

O fato desses "músicos" com aparentes problemas mentais serem modelos para os jovens com extremas necessidades de serem notados e aceitos (emos sem virtude nenhuma) vem acarretando uma realidade muito escrota para pessoas comuns e normais .

A realidade de que esse tipo de jovem se sujeita a sair na rua trajando roupas que juntas somam em média 48 cores acreditando chamar atenção de forma positiva nos enoja.

E não é só isso...

Como se a vergonha de se vestir como um palhaço fosse pouca, (não desmerecendo a classe dos palhaços que são artistas) esse tipo de pessoa gosta de agir como um doente mental...
Com atitudes como escrever e falar errado seja qual for o meio de comunicação, colocar o dedo no nariz tirar foto e postar na internet e se achar mt foda..

E muitas outras coisas que o limite a sensura não me permite expressar --'

Cag*das de orkut

Decida seu futuro

Vodkas versus Paris Hilton

Pensamento do dia...

“Às vezes,

quando se está furioso com alguém,

pensar e sentar

sobre o problema ajuda muito!

As maiores mentiras da internet

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Oktoberfest Blumenau Santa Catarina - A maior festa Alemã das Américas 07 à 24 de Outubro


Inspirada na Oktoberfest de Munique, a versão blumenauense nasceu da vontade do povo em expressar seu amor pela vida e pelas tradições germânicas. Sua primeira edição foi realizada em 1984. Consagrada como a segunda maior festa alemã do mundo, a Oktoberfest é a confraternização de gente de todas as partes.

Ela nasceu inspirada na maior festa da cerveja do mundo, a Oktoberfest de Munique, na Alemanha, que deu seus primeiros passos em 1810, no casamento do Rei Luis I da Baviera com a Princesa Tereza da Saxônia.
Em Blumenau, a Oktoberfest está na alma do povo, faz parte da história de cada um.


Por isso outubro é um mês especial. São 18 dias de festa, em que os blumenauenses se integram com visitantes de todo o Brasil e do exterior.
E não há quem não se encante com os desfiles, com a participação dos clubes de caça e tiro ou com a apresentação dos grupos folclóricos.


A Oktoberfest de Blumenau ostenta um número admirável: em suas 26 edições mais de 17 milhões de pessoas passaram pelo Parque Vila Germânica. Isto significa que um público superior a 700 mil pessoas, em média, por ano, participou da festa desde a sua criação. O segredo para este sucesso é simples: a Oktoberfest de Blumenau é um produto que se mantém autêntico, preservando as tradições alemãs trazidas pelos colonizadores há 160 anos. E são as belezas desses traços que conquistaram o país inteiro.
À noite, é no Parque Vila Germânica que todos se encontram e fazem da Oktoberfest um acontecimento incomparável. Todas as tradições alemãs afloram na sua máxima expressão, através da música, da dança, dos belos trajes, da refinada culinária típica e do saboroso chope.
A cordialidade do povo, a paz e a beleza da cidade também tornam a festa inesquecível.


A maior festa alemã das Américas

A Oktoberfest teve sua primeira edição em 1984 e logo demonstrou que seria um evento para entrar na história. Em apenas 10 dias de festa, 102 mil pessoas foram ao, então Pavilhão A da Proeb, número que na ocasião representava mais da metade da população da cidade. O consumo de chope foi de quase um litro por pessoa. No ano seguinte, a festa despertou o interesse de comunidades vizinhas e de outras cidades do país. O evento passou, então, a ser realizado em dois pavilhões.


O sucesso da Oktoberfest consolidou-se na terceira edição e tornou-se necessário a construção de mais um pavilhão e a utilização do ginásio de esportes Sebastião da Cruz - o Galegão - para abrigar os turistas vindos de várias partes do Brasil, principalmente da região Sudeste, e também de países vizinhos. O evento acabou fazendo de Blumenau o principal destino turístico de Santa Catarina no mês de outubro.

Mas, para quem não sabe, a Oktoberfest não é só cerveja. É folclore, memória e tradição. Durante 18 dias de festa os blumenauenses mostram para todo o Brasil a sua riqueza cultural, revelada pelo amor à música, à dança e à gastronomia típica, que preservam os costumes dos antepassados vindos da Alemanha para formar colônias na região Sul.


A cultura germânica o turista confere pela qualidade da festa, dos serviços oferecidos, através de sociedades esportivas, recreativas e culturais, dos clubes de caça e tiro e dos grupos de danças folclóricas. Todos eles dão um colorido especial ao evento, nas apresentações, nos desfiles pelo centro da cidade e nos pavilhões da festa por onde circulam, animando os turistas e ostentando, orgulhosos, os seus trajes típicos.
É por essa característica que a festa blumenauense, versão consagrada da Oktoberfest de Munique, transformou-se, a partir de 1988, numa promoção que reúne mais de 600 mil pessoas. E foi, também, a partir dela que outras festas surgiram em Santa Catarina, tendo a promoção de Blumenau como carro-chefe, fato que acabou por tornar o território catarinense no caminho preferido dos turistas no mês de outubro.


A história começou há quase 200 anos na Baviera


A Oktoberfest de Blumenau, que em apenas uma década se tornou uma das festas mais populares do Brasil, foi inspirada na festa homônima alemã, que teve origem em 1810 em Munique. Tudo começou em 12 de outubro de 1810, quando o Rei Luis I, mais tarde Rei da Baviera, casou-se com a Princesa Tereza da Saxônia e para festejar o enlace organizou uma corrida de cavalos. O sucesso foi tanto, que a festa passou a ser realizada todos os anos com a participação do povo da região. Em homenagem à princesa, o local foi batizado com o nome de Gramado de Tereza.
A festa ganhou uma nova dimensão em 1840, quando chegou a Munique o primeiro trem transportando visitantes para o evento. Passaram a ser montadas barracas e promovidas várias atrações. Neste local apareceram também os primeiros fotógrafos alemães, que ali encontraram um excelente ambiente para fazerem suas exposições. A cerveja, proibida desde os primeiros anos, só começaria a ser servida em 1918. Logo depois, os caricaturistas já retratavam a luta pelos copos cheios de cerveja e pela primeira vez pode-se apreciar nas telas dos cinemas a festa das mil atrações.
Por conseqüência das guerras e pela epidemia de cólera, a Oktoberfest deixou de realizar-se 25 vezes. De 1945 até hoje, aconteceu ininterruptamente. Atualmente, a Oktoberfest de Munique recebe anualmente um público de quase 10 milhões de pessoas. O consumo de cerveja chega a 7 milhões de litros.